Derrota começa ser desenhada na escalação inicial – Por Rayane

maio 11, 2009

0,,20711595-EX,00

O Campeonato Brasileiro para o flamengo começo hoje e, não foi a estreia dos sonhos dos Rubro-Negros. O Jogo começou a ser perdido na escalação inicial e, terminou nas más mexidas do técnico, Cuca , que além de demorar fazer substituições, ainda foram mal feitas.

O Jogo começou eletrizante, com chances para os 2 lados, na primeira delas, em uma bobeira do Kleberson,  Wagner conseguiu deixar Kleber cara a cara com Bruno, que fez a defesa.

A Chance mais clara de gol, veio do lado Rubro Negro, quando o lateral , Jancarlos, salvou um gol com a mão. Juiz marcou penalti e , corretamente, o expulsou. Porém, Fabio defendeu o penalti – mal batido- por Juan.

A Perda do penalti deixou o time abatido e, Cuca cometeu seu primeiro grande erro, ao tirar Willians e colocar Everton Silva, justamente quando deveria aproveitar que o time adversário estava com somente 1 atacante e, colocar um time mais ofensivo com a saida do Willians – que já tinha cartão amarelo –  e entrada do Erick.

Em uma saida em contra ataque, do time Cruzeirense,  Wellinton fez falta – infantil, diga-se de passagem – e,  mesmo sendo fora a área, o árbitro marcou penalti. Kleber cobrou e converteu.

Depois disso, foi ataque contra defesa. Com o time de Minas, todo recuado e, aproveitando os contra ataques, já o Flamengo partindo todo para o ataque, tentando conseguir o empate. E nesse ritmo termina o 1º tempo;

Na volta para o 2º tempo, nenhuma mexida, quando deveria ter tido, até porque o time tinha uma posse de bola bem maior, criava razoavelmente, mas a precissão na finalização estava faltando.

Como não tinhamos um finalizador, poderiamos colocar um meia, para criar chances mais claras, tinha o Zé Roberto e Erick de opção, mas o Cuca não quis colocar nenhum dos 2 na volta do intervalo e, preferiu aguardar.

O Jogo continuou sendo ataque contra defesa até o fim, principalmente por causa da demora do Cuca para fazer as 2 substituições que faltavam. Faltando aproximadamente 25 minutos para acabar o jogo a 2ª alteração, sai  Emerson e entra Josiel. 13 minutos depois sai Airton e entra Erick Flores.

As substituições não mudaram quase nada no jogo , até porque falta qualidade em um e, o outro teve pouco tempo – deveria ter entrado antes – , mas mesmo assim, criou uma jogada que foi chances clara de gol, só que ao invez de tocar para um companheiro mais bem colocado, preferiu chutar, mesmo sem ângulo para isso.

No finalzinho do jogo, em contra ataque, Ramires fez o gol, fechando o placar em 2×0 para os cruzeirenses.

Agora nos resta apoiar o time, para que possamos correr atrás do prejuizo e, pensar no Inter, que é, praticamente, uma final antecipada da Copa do Brasil.

Anúncios